Tumores de mão e de punho

DESCRIÇÃO

Qualquer nódulo ou inchaço anormal na mão ou no punho é considerado um tumor. O termo “tumor” não significa necessariamente que é maligno ou que é um câncer. De fato, a maioria dos tumores de mão e punho é benigna (não é câncer).

Os tumores podem ocorrer na pele, como uma verruga , ou debaixo da pele no tecido mole ou até mesmo no osso. Como existem muitos tipos de tecido na mão (por exemplo, pele, gordura, ligamentos, tendões, nervos, vasos sanguíneos, ossos, etc.), existem muitos tipos de tumores que podem ocorrer. Apenas alguns deles são vistos comumente.

CAUSAS

TIPOS COMUNS DE TUMORES DE PULSO E TUMORES DE MÃO

  • Cistos Ganglionares (Figura 1): Este é o tumor mais comum na mão e punho. Os cistos ganglionares são vistos com frequência no punho, mas podem ocorrer na base dos dedos ou ao redor das articulações dos dedos. O cisto é tipicamente preenchido com fluido. Existem várias opções de tratamento para um cisto ganglionar, incluindo observação (não fazer nada), aspiração (perfurar com uma agulha) ou removê-la cirurgicamente.
Figura 1 – Um cisto ganglionar
  • Tumor de células gigantes da bainha do tendão (Figura 2): Este é o segundo tumor de mão mais comum. Ao contrário do cisto ganglionar cheio de fluido, esses tumores são sólidos. Eles são benignos (não cancerosos) e de crescimento lento.
Figura 2 – Tumor de células gigantes de bainha de tendão
  • Cisto de inclusão epidérmica (Figura 3): Este tumor é benigno e se forma logo abaixo da pele, onde pode ter havido um corte ou perfuração. O cisto é preenchido com queratina, um material macio e ceroso.
Figura 3 – Cisto de inclusão epidérmica do dedo

Existem outros tipos menos comuns de tumores vistos na mão, incluindo lipomas (tumores gordurosos), neuromas (tumores nervosos), tumores da bainha nervosa, fibromas e tumores glômicos, entre outros. Quase todos são benignos.

OUTRAS CAUSAS DE NÓDULOS, COLISÕES E MASSAS

Corpos estranhos, como uma lasca, podem causar reações que formam saliências na mão. A contratura de Dupuytren pode causar inchaços firmes na mão, freqüentemente confundidos com tumores (Figura 4). Finalmente, os vasos sanguíneos também podem ser confundidos com outros tumores.

Figura 4 – Doença de Dupuytren na palma da mão

COMO SEU MÉDICO VAI DIAGNOSTICAR

Um exame físico e revisão de seu histórico médico por um cirurgião de mão pode ajudar a determinar o tipo de tumor de mão ou punho que você pode ter. Raios-X podem ser solicitadas para avaliar os ossos, articulações e, possivelmente, o tecido mole. Outros estudos, como ultrassonografia, tomografia computadorizada, ressonância magnética ou tomografias ósseas, podem ser feitos para ajudar a restringir o diagnóstico. A biópsia por agulha ou biópsia incisional (corte de uma pequena amostra do tumor) pode ser considerada se o cirurgião quiser confirmar o diagnóstico antes de recomendar o tratamento.

TRATAMENTO

Normalmente, o tratamento mais bem sucedido é a remoção do tumor com cirurgia. Isso permite que um patologista analise e determine o tipo de tumor. Muitas vezes, a cirurgia é feita em nível ambulatorial.

Alguns pacientes podem optar por não fazer nada e simplesmente conviver com o tumor quando descobrem que não é cancerígeno. No entanto, se o tumor mudar (por exemplo, descoloração da pele, dor, aumento do tamanho) ou se causar outros problemas, como dormência ou dor por pressão em um nervo próximo, recomenda-se uma reavaliação por um cirurgião de mão. Você e seu cirurgião de mão podem escolher o melhor plano de tratamento.

Artigo original:

-22.2245784-54.8214333