Lesão dos nervos

DESCRIÇÃO

Nervos são como um sistema de “fiação telefônica” do corpo que transporta mensagens entre o cérebro e o resto do corpo. Alguns nervos levam mensagens do cérebro para os músculos para fazer o corpo se mover. Outros nervos transmitem mensagens sobre dor, pressão ou temperatura do corpo para o cérebro. Muitas pequenas fibras são agrupadas dentro de cada nervo para transmitir as mensagens. Existe uma camada externa que isola e protege os nervos (Figura 1).
Figura 1 – Nervo com feixes de fibras nervosas individuais e isolamento da bainha externa

CAUSAS

Nervos podem ser danificados por muita pressão, por alongamento ou por um corte. Síndrome do túnel do carpo é um exemplo de um problema que surge de muita pressão sobre o nervo mediano na mão. A síndrome do túnel do carpo pode lesar o nervo mediano lentamente ao longo do tempo ou, no caso de trauma na área, pode ocorrer muito mais rapidamente.
Um corte no nervo pode fazer com que ele não transmita sinais, porque o sinal não pode saltar através de uma abertura no nervo. Lesões por estiramento no nervo podem variar desde lesão leve e temporária até lesão mais grave e permanente. A extensão da lesão depende da quantidade de alongamento.

SINAIS E SINTOMAS

Os sinais e sintomas das lesões nervosas podem ser diferentes dependendo do nervo lesionado, do tipo de lesão e da gravidade da lesão. Alguns podem incluir:

  • Dormência : Alguns nervos transmitem apenas sensações, de modo que uma lesão nervosa nesses nervos causaria certa quantidade de dormência.
  • Fraqueza : Além dos nervos sensoriais, alguns nervos dão a você a capacidade de se mover, e outros nervos fazem as duas coisas. Lesão nos nervos que transportam sinais motores causa alguma fraqueza.
  • Dor : Este é frequentemente um sintoma após lesão nervosa. A dor presente após uma lesão nervosa pode estar em qualquer lugar ao longo do curso do nervo, mas é tipicamente no local da lesão.

Os sintomas da lesão nervosa podem ser intermitentes, se a lesão se repetir; ou podem ser constantes, se a lesão for grave o suficiente. Há muitos outros sinais de lesão do nervo: músculos que ficam menores, mudança de cor na pele e alterações na quantidade de suor em determinadas áreas.

Um exemplo de uma lesão nervosa que pode recorrer é a síndrome do túnel do carpo . Síndrome do túnel do carpo ocorre quando o nervo mediano tem muita pressão sobre ele, uma vez que atravessa o punho. Os sintomas de dormência na mão, dor na mão, dor no punho, dor no antebraço ou fraqueza (particularmente no polegar) podem estar presentes. Os sintomas da síndrome do túnel do carpo podem ser intermitentes ou, se forem graves o suficiente, podem ocorrer o tempo todo.

TRATAMENTO

Algumas lesões nervosas podem melhorar sem ajuda, mas algumas lesões precisam ser reparadas.

  • Lesões leves no nervo : o nervo pode se reparar em minutos ou após algumas semanas. Durante esse tempo, as mensagens entre o cérebro e o corpo podem ser alteradas. O tratamento de suporte geralmente ajuda, mas em alguns casos é necessária cirurgia.
  • Fibras nervosas rompidas ou lesões mais graves : os nervos podem crescer de volta para suas áreas musculares ou de pele, mas esse processo pode levar vários meses, e as mensagens entre o cérebro e o corpo vão parar até que os nervos cresçam. O tratamento pode ser de suporte, mas a cirurgia pode ser necessária dependendo do tipo de lesão.
  • Corte do nervo : Quando o envoltório externo do nervo e as fibras internas do nervo são cortadas, a cirurgia é normalmente necessária para permitir que o nervo se cure corretamente.

Na cirurgia, as terminações nervosas podem ser costuradas novamente (Figura 2). As fibras nervosas internas precisarão crescer de volta para suas áreas musculares ou de pele para recuperar a função.

Figura 2 – Reparo de nervo com realinhamento de feixes

RECUPERAÇÃO APÓS CIRURGIA

As fibras nervosas crescem lentamente e, em condições ideais, podem crescer cerca de 2,5 cm (menos de 1mm por dia) a cada mês depois que um nervo é costurado na cirurgia. Pode levar muitos meses até que o nervo termine de crescer após uma lesão, dependendo de muitos fatores, incluindo o comprimento que o nervo precisa crescer. Também pode demorar tanto tempo para os músculos funcionarem bem novamente. Pode haver dormência, dor ou sensação de “alfinetes e agulhas” durante o período de cicatrização.

A fisioterapia às vezes é necessária após uma lesão nervosa.

Os resultados durante a recuperação após lesão nervosa podem depender da sua idade e saúde, do tipo de lesão nervosa e da parte do corpo lesionado.

Artigo original:

-22.2348294-54.8181412