Infecções na mão

DESCRIÇÃO

As infecções da mão podem causar problemas graves que persistem mesmo após a resolução da infecção, como rigidez, perda de força e perda de tecidos, como pele, nervos e ossos. Assim, o tratamento precoce e agressivo de infecções é essencial. Quando vistos precocemente, alguns tipos de infecção podem ser tratados com antibióticos e repouso local e curativos úmidos. No entanto, muitas infecções começam a causar problemas graves, após um dia ou dois, se não forem tratadas com antibióticos, drenagem cirúrgica e remoção de tecidos infectados. Qualquer drenagem ou pus deve ser enviada para testes laboratoriais para determinar o tipo de bactéria causadora da infecção e o antibiótico apropriado para o tratamento.

CAUSAS

INFECÇÕES MICOBACTERIANAS ATÍPICAS

Raramente, uma infecção na mão pode ser causada por uma “micobactéria atípica”. Um dos tipos mais comuns, a infecção por Mycobacterium marinum, pode se desenvolver após perfurações de espinhos de peixe ou contaminação de uma ferida simples ou abrasão de água parada (na natureza ou de aquários). Estas infecções atípicas desenvolvem-se gradualmente e podem estar associadas a inchaço e rigidez sem muita dor ou vermelhidão. A remoção cirúrgica do tecido infectado pode ser necessária e é útil para determinar qual medicamento ajudará a tratar a infecção; muitas vezes o tratamento médico dura vários meses. Os pacientes cujos sistemas imunológicos não estão funcionando bem (por exemplo, aqueles em tratamento quimioterápico ou portadores de HIV) são mais suscetíveis a infecções micobacterianas atípicas.

INFECÇÕES POR FERIDAS POR MORDIDA

Bactérias da pele ou da boca podem causar infecção no caso de mordidas humanas ou de animais. Lavagens profundas, curativos ou até mesmo a drenagem cirúrgica da ferida da mordida são necessárias para eliminar a infecção, e as feridas geralmente são deixadas abertas para que qualquer infecção possa ser drenada. Antibióticos também são usados. “Mordidas de luta” na articulação da mão às vezes resultam em um dente lascado sendo deixado na articulação; o dente precisa ser removido para evitar a infecção da articulação. A infecção por raiva de um animal pode ser grave ou até fatal, por isso é importante procurar tratamento o mais rapidamente possível após uma ferida.

CELULITE

A celulite é uma infecção da pele que pode causar vermelhidão, calor e dor na pele. Pessoas com celulite podem ter febre ou se sentirem doentes. Celulite geralmente acontece em torno de uma ruptura na pele. A infecção pode se espalhar para a corrente sanguínea e causar sérios problemas. Antibióticos são necessários imediatamente. Algumas pessoas precisam ser internadas em um hospital para tratamento.

INFECÇÕES DO ESPAÇO PROFUNDO

A mão é dividida em muitos “compartimentos” separados ou “espaços profundos”. Um ou mais destes podem se infectar mesmo de uma pequena ferida. Um abcesso pode se formar na área muscular na base do polegar (espaço tenar), na palma (espaço palmar profundo) ou nos espaços entre os dedos. Essas infecções podem se espalhar para outras áreas, até o punho e antebraço, e precisam ser drenadas por cirurgia.

Infecção da polpa digital – Felon

Uma infecção dolorosa e latejante da polpa da ponta do dedo é chamada de “Felon” (veja a Figura 1). Este espaço fechado é separado em muitos pequenos compartimentos, cada um dos quais se enche de infecção e pus. Felon pode ocorrer após a jardinagem ou outras atividades que envolvem objetos pontiagudos perto da ponta do dedo. Alguns Felon resolvem-se com imersões e antibióticos orais, mas muitos também precisam ser drenados. Se não for tratada precocemente, pode ocorrer a destruição dos tecidos moles e até do osso.
Figura 1 – Felon

INFECÇÃO POR HERPES

Infecção herpética é uma infecção viral da mão, geralmente nos dedos, causada por um vírus herpes. Isso é mais comumente visto em profissionais de saúde cujas mãos estão expostas à saliva de pacientes portadores de herpes. A condição, caracterizada por bolhas pequenas, inchadas e doloridas, e às vezes entorpecimento, é tipicamente tratada conservadoramente e geralmente se resolve em várias semanas sem muitos efeitos colaterais.

MRSA

O MRSA, ou Staphylococcus Aureus Resistente à Meticilina, é uma bactéria resistente aos antibióticos usados ​​no tratamento de infecções. No passado, o MRSA era visto naqueles em um hospital ou casa de repouso. No entanto, o MRSA também pode vir de locais comunitários como academias, dormitórios, casas e creches. Infecções da pele geralmente se parecem com furúnculos ou coleções de pus. Às vezes, a cirurgia é necessária para drenar a infecção. Se você começar a tomar um antibiótico para algo que se parece com isso e não está melhorando ao longo de dois dias, entre em contato com seu médico. É importante que a pele MRSA seja tratada imediatamente para evitar que ela cause mais infecções graves. Além disso, converse com seu médico sobre o que fazer para evitar a disseminação para outras pessoas.

FASCEÍTE NECROTIZANTE, OU “BACTÉRIAS QUE COMEM CARNE”

A fasciite necrosante é uma infecção muito rara, mas grave. Streptococcus pyogenes ou outras “bactérias carnívoras” entram no corpo através de um corte. As toxinas bacterianas destroem a pele, os músculos e outros tecidos moles. A fasciite necrosante é uma verdadeira emergência – pode ser fatal – e antibióticos IV muito poderosos são administrados o mais rápido possível. A cirurgia urgente é geralmente necessária para remover o tecido morto.

PARONÍQUIA

Uma paroníquia é uma infecção do paroníaco, que é a área ao redor da unha (ver Figura 2). Paroníquia pode acontecer rapidamente ou ao longo do tempo. Na paroníquia aguda, as bactérias fazem com que a pele ao redor da unha fique vermelha, inchada e sensível. Se a infecção for tratada precocemente, os antibióticos orais podem curar a infecção. Se o pus se formou sob a pele, a cirurgia para drenar o pus é necessária. Paroníquia crônica é causada por fungos; isso geralmente ocorre em pessoas cujas mãos estão freqüentemente molhadas (como lava-louças). A área da cutícula fica levemente avermelhada e inchada, sem drenagem e apenas uma leve sensibilidade. Isso pode ser tratado com medicação especial e eliminação da exposição constante à umidade, o que promove a infecção fúngica. Às vezes, a cirurgia é necessária para remover o tecido infectado.
Figura 2 – Paroníquia Aguda

ARTRITE SÉPTICA / OSTEOMIELITE

Uma ferida em ou perto de uma articulação pode causar artrite séptica, que é uma infecção grave na articulação. Mesmo uma pequena agulha usada para drenar um cisto em uma articulação com artrite pode levar à infecção. Em apenas alguns dias, a superfície da cartilagem da articulação pode ser destruída. Drenagem cirúrgica urgente e antibióticos são necessários. Se esse tratamento for retardado, pode ocorrer infecção do osso – chamada osteomielite. Artrite séptica com ou sem osteomielite pode exigir uma ou mais cirurgias e semanas de antibióticos intravenosos.

INFECÇÃO DA BAINHA DO TENDÃO (“TENOSSINOVITE INFECCIOSA”)

Os tendões que dobram os dedos percorrem o punho, a palma, o lado da palma dos dedos e as pontas dos dedos. Se um pequeno corte ou perfuração ocorre em um dedo, especialmente perto de uma articulação no lado da palma, o canal pelo qual o tendão flexor passa pode ficar infectado. Esta infecção pode causar rigidez severa ou mesmo destruir o tendão. Um dedo com uma infecção na bainha do tendão está inchado, vermelho e sensível sobre o lado da palma do dedo, e o dedo fica levemente flexionado e é muito doloroso de se estender (ver Figura 3). Esta infecção geralmente requer que o paciente seja admitido no hospital para antibióticos intravenosos, curativos e possível drenagem cirúrgica.

Figura 4 – Infecção da bainha do tendão flexor

Artigo original:

-22.2245353-54.8214617