Cisto Ganglionares

https://www.instagram.com/julia.ruston/

DESCRIÇÃO

Cistos ganglionares são nódulos ao redor da mão e punho que ocorrem adjacentes às articulações ou tendões. Cistos ganglionares são muito comuns. Eles são mais freqüentemente encontrados na parte de trás (dorso) do punho (veja a Figura 1), no lado da palma do punho, na base do dedo no lado da palma e no topo da articulação final do dedo (veja a Figura 2). Os cistos ganglionares são preenchidos com um fluido transparente semelhante a gel e muitas vezes se assemelham a um balão de água em um pedúnculo (ver Figura 3). Esses cistos podem flutuar em tamanho e alguns podem eventualmente desaparecer completamente. Cistos ganglionares não são cancerígenos e não se espalharão para outras áreas.
Figura 1 – Gânglio no lado superior do pulso
Figura 2 – Cisto ganglionar na articulação final do dedo, também conhecido como cisto mucoso
Figura 3 – Corte transversal do punho mostrando a raiz de um cisto ganglionar

CAUSAS

Cistos ganglionares ocorrem em pacientes de todas as idades. Embora sua causa seja desconhecida, elas podem se formar na presença de irritação articular ou tendínea, artrite, alterações mecânicas ou lesão.

SINAIS E SINTOMAS

Os cistos ganglionares podem ou não ser dolorosos. Eles são tipicamente ovais ou redondos e podem ser macios ou muito firmes. Os cistos na base do dedo no lado da palma da mão são tipicamente muito firmes, menores do que um nódulo do tamanho de uma ervilha, e são sensíveis à pressão aplicada assim como no movimento de preensão

Os cistos na articulação distante (interfalangiana distal) do dedo freqüentemente têm artrite associada a eles. Nesse ponto, a pele sobreposta pode ficar fina, e pode haver um sulco no sentido longitudinal da unha, logo depois do cisto.

DIAGNOSTICAR UM CISTO GANGLIONAR

O diagnóstico é geralmente baseado na localização do nódulo e sua aparência. A luz freqüentemente passa por esses caroços, e isso pode ajudar no diagnóstico. Seu médico pode solicitar radiografias para procurar evidências de problemas nas articulações adjacentes.

https://www.instagram.com/julia.ruston/
https://www.instagram.com/julia.ruston/

TRATAMENTO

O tratamento muitas vezes pode ser não cirúrgico. Em muitos casos, esses cistos podem ser simplesmente observados, especialmente se forem indolores. Cistos ganglionares freqüentemente desaparecem espontaneamente. Se o cisto se tornar doloroso, limitar a atividade ou for inaceitável, existem várias opções de tratamento, incluindo:

  • Talas e medicação anti-inflamatória para diminuir a dor associada a atividades
  • Aspiração para remover o fluido do cisto e descomprimi-lo (Isso requer a colocação de uma agulha no cisto, que pode ser realizada na maioria dos consultórios. A aspiração é um procedimento muito simples, mas a recorrência do cisto é comum).

Se as opções não cirúrgicas não proporcionarem alívio, ou se o cisto voltar a ocorrer, alternativas cirúrgicas estarão disponíveis. A cirurgia envolve a remoção do cisto e pode incluir a remoção de uma parte da cápsula articular ou da bainha do tendão. No caso dos cistos do gânglio do punho, as técnicas tradicionais abertas e artroscópicas geralmente produzem bons resultados. O tratamento cirúrgico geralmente é bem sucedido, embora os cistos possam ocorrer novamente. Seu cirurgião de mão discutirá as melhores opções de tratamento para você.

Artigo original:

-22.2143574-54.8181412