Bursite do Olécrano

DESCRIÇÃO

O olécrano é o osso pontiagudo na ponta do cotovelo. A bursa é capa fina cheia de fluido que fica entre esta ponta óssea e a pele. Ajuda a pele a deslizar suavemente sobre o osso. Normalmente, esse saco tem apenas um pouquinho de fluido dentro dele e fica plano. Entretanto, a bursa pode ficar irritada ou inflamada e se encher de líquido extra (veja a Figura 1). Quando isso acontece, um inchaço doloroso se desenvolve na parte de trás do cotovelo. Este inchaço é a bursite do olécrano.
Figura 1 – Anatomia do cotovelo com bolsa de olécrano inchada

CAUSAS

O trauma, como bater no cotovelo ou cair na parte de trás do cotovelo, pode levar a essa condição. As pessoas que encostam os cotovelos contra superfícies duras podem desenvolver esse problema com o tempo. Aqueles com condições como gota , artrite reumatoide ou insuficiência renal que necessitam de diálise tem maior probabilidade de ter essa condição. Em muitos casos, a causa não é conhecida.

SINAIS E SINTOMAS

O inchaço gradual na parte de trás do cotovelo pode não ser notado no início. Às vezes o inchaço se desenvolve rapidamente, pode piorar e parecer uma bola de golfe macia na ponta do cotovelo (veja a Figura 2). Na maioria das vezes, a bursite não causa dor. A bursa pode ficar infectada, o que causará dor, vermelhidão ou calor na área; Você também pode ter febre. Uma bursa infectada pode-se abrir e drenar o pus.

Figura 2 – Bolsa do olécrano inchada

TRATAMENTO

DIAGNÓSTICO

Seu médico pode pedir uma radiografia para procurar um osso quebrado, esporão ósseo ou depósito de cálcio no cotovelo (veja a Figura 3). Exames de sangue para verificar se há infecção em seu sistema ou outra causa, como gota ou artrite reumatoide, podem ser solicitados. Algum fluido pode ser removido da bursa com uma agulha e enviado para analise. Se o fluido na bursa é pus, então uma infecção está presente.

Figura 3 – Raio-X do cotovelo mostrando o contorno do tecido mole da bolsa do olécrano e um depósito de cálcio

TRATAMENTO

Se a bursa não parece estar infectada, os tratamentos podem incluir evitar atividades que irritem a área, uso de cotoveleiras ou tomar medicamentos anti-inflamatórios orais. Seu médico também pode escolher remover o fluido da bursa primeiro com uma agulha (aspiração). Às vezes, uma injeção de esteróides também é colocada na bursa. Se a bursa estiver infectada, podem ser necessários antibióticos. Às vezes, a bursa deve ser removida com cirurgia se a infecção não puder ser removida ou se a bursa continuar retornando.

Artigo original:

-22.2245353-54.8214588