Amputações e próteses

Descrição

Amputação é a remoção de um tecido desvitalizado (morto) ou de uma parte doente do corpo. Este fato pode ser resultante de uma lesão traumática ou resultante de um planejamento para prevenção que uma doença se dissemine pelo corpo (por exemplo alguns tipos de câncer, infecção, etc). Alguns dedos amputados à depender de algumas condições podem ser reimplantado. Dependendo da situação em que o membro se encontra a não realização do reimplante é mais benéfica para o paciente pois a sua função vai ficar melhor do que quando reimplantado. Devemos salientar que o membro reimplantado sempre irá apresentar perda de função em relação ao membro que não sofreu o ferimento.

Cirurgia

Quando a cirurgia se faz necessária, o cirurgião remove a parte lesionada. Antes do procedimento cirúrgico o cirurgião vai examinar cuidadosamente a sua mão. Geralmente são necessários estudos radiográficos (Raio-X) e/ou outros estudos de imagens para verificar os danos nos dedos e mão. A área removida é baseada na extensão da lesão e da viabilidade das partes restantes. Em muitos casos o cirurgião é capaz de fechar a ferida cirúrgica com a reorganização da pele (retalhos locais, pediculados, etc) e com o encurtamento de tendões e osso, em alguns casos o cirurgião pode ter que usar pele, músculos ou tendões de outra parte do corpo para fechar a ferida. Na maioria das lesões de ponta de dedo o cirurgião é capaz de fechar a ferida diretamente. Em lesões mais extensas o cirurgião pode ter que moldar a mão ou dedo para se encaixar próteses.
Nas primeiras semanas após o procedimento é normal sentir alguma dor, ela deve ser controlada com medicações. Enquanto acontece a cicatrização seu médico lhe dirá como tomar conta do curativo e quando retornar ao consultório para acompanhamento. Você pode receber exercícios para aumentar sua força e flexibilidade e ser solicitado a tocar e mover sua pele para dessensibilizá-la e mantê-la móvel.

Prótese

O tipo de prótese depende da localização e comprimento residual do dedo ou da mão além de das suas necessidades funcionais e de estilo de vida. A prótese substitui algumas das funções e aparência da parte do corpo ausente. É importante compartilhar as atividades que você considera mais importantes com seu cirurgião e seu protético, de modo que uma prótese apropriada possa ser fornecida para você. As próteses podem restaurar o comprimento de um dedo parcialmente amputado, permitir oposição entre o polegar e um dedo ou, no caso de uma mão protética, estabilizar e segurar objetos com dedos flexíveis. Se sua mão for amputada através ou acima do punho, você poderá receber uma prótese de braço completo com uma mão elétrica ou mecânica. Alguns pacientes podem decidir não usar uma prótese.


Uma prótese é feita a partir de um molde de impressão retirado do dedo ou membro residual e a parte correspondente na mão não danificada. Esse processo pode criar uma correspondência exata para os detalhes da mão inteira. A prótese de dedo ou mão é feita de uma borracha de silicone flexível e transparente. As cores do silicone são cuidadosamente combinadas com os tons de pele para dar à prótese a aparência real e a textura da pele real. Geralmente é mantido por sucção, e a flexibilidade do silicone permite boa amplitude de movimento das partes restantes do corpo. As unhas podem ser coloridas individualmente para combinar quase perfeitamente. As unhas podem ser polidas com qualquer verniz específico para unhas, e o polidor pode ser removido com um removedor de esmalte de ação suave. Os silicones são resistentes a manchas, portanto, as tintas são lavadas facilmente com álcool ou sabão e água morna. Com os devidos cuidados, a prótese de silicone pode durar de 3 a 5 anos. Normalmente, três meses depois de você estar completamente curado da cirurgia e todo o inchaço diminuir, a criação da sua prótese pode começar. Você pode precisar de terapia para aprender a usar sua nova prótese (recomendamos um terapeuta da mão).

Recuperação Emocional

A perda de uma parte do corpo, especialmente uma visível como um dedo ou uma mão, pode ser emocionalmente perturbadora. Pode levar algum tempo para se adaptar às mudanças na sua aparência e sua capacidade de funcionar. Falar sobre esses sentimentos com o seu médico ou com outros pacientes que tiveram essa condição geralmente ajuda você a aceitar sua perda. Você pode pedir ao seu médico para recomendar um conselheiro para ajudar com este processo. É importante lembrar que, com o tempo, você se adaptará à sua situação encontrando novas maneiras de realizar suas atividades diárias. Lembre-se que a qualidade de vida está diretamente relacionada à atitude e às expectativas – não apenas a obtenção e o uso de uma prótese.

Agende sua consulta

https://www.anaplastologia.com.br/

https://www.npdevices.com

http://www.manosydedos.com/

 

Artigo original:

-22.2246165-54.8219015