Manejo de cicatriz – Terapia da mão

Depois de uma lesão ou cirurgia, nosso corpo cicatriza naturalmente. O tecido cicatricial pode se tornar um problema se limitar a função e / ou for desagradável de se olhar. Um fisioterapeuta ou um terapeuta ocupacional especializado no tratamento de lesões da mão (terapeuta da mão) pode ajudar no tratamento dessas cicatrizes. Existem vários fatores que um terapeuta avalia para determinar o melhor plano de ações para o manejo da cicatriz. Esses fatores podem incluir:

  • Proximidade da cicatriz de um tendão ou músculo: Uma cicatriz pode se tornar aderente ao tecido, como tendões e / ou músculos. À medida que os tecidos cicatrizam, a adesão da cicatriz pode dificultar o movimento. Os terapeutas prescrevem movimentos específicos e direcionados que podem reduzir as cicatrizes aderentes.
  • Forma da cicatriz: Se sua cicatriz é de uma cirurgia, geralmente é uma linha fina. Se a cicatriz for de um acidente, ela pode ter uma forma irregular e / ou variar em profundidade, o que pode torná-la desagradável para você olhar.
  • Tipo de cicatriz: À medida que a pele cicatriza, ela encolhe levemente e pode causar dor e interferir no movimento. Cicatrizes hipertróficas podem ocorrer, causando a formação de tecido cicatricial fora das bordas normais da ferida. Queloides também podem ocorrer, causando uma cicatriz grande e elevada.
  • Sensibilidade da cicatriz: A pele está acostumada a ser tocada por diferentes texturas durante o dia, como roupas, jóias e superfícies de descanso. Após uma lesão ou cirurgia, a área da ferida é coberta por um curto período de tempo para mantê-la limpa e protegida. Durante esse tempo, a pele pode se tornar hipersensível. Isso pode ser muito doloroso.

Como tratar uma cicatriz

Se você tem uma cicatriz que está causando dor ou está limitando o uso de sua mão ou braço, um terapeuta da mão pode ajudar a usar os seguintes tratamentos:

  • Massagem cicatrizante: A pele normal pode ser levantada e movida em todas as direções. Massagear a cicatriz ajuda a cicatriz a se mover da mesma maneira que a pele circundante normal. Usar loção ajuda a massajar sua cicatriz em círculos, lado a lado e para cima e para baixo. Isso estica a pele em todas as direções para reduzir o aperto da pele enquanto ela está se curando. Isso também ajuda a diminuir a sensibilidade da pele e fornece a umidade necessária para a cura.
  • Almofadas para cicatriz e fita: As almofadas de silicone oferecem compressão e ajudam a suavizar a pele, resultando em uma cicatriz plana e menos perceptível. Uma almofada de silicone é aplicada como um adesivo na pele.  Se a sua cicatriz é de forma irregular e / ou profunda, um elastômero à base de silicone pode ser moldado na sua cicatriz. Almofadas de cicatrizes de silicone ou elastômero podem ser mantidas no lugar associada a um curativo. Fita como Kinesio® tape ou RockTape® também podem ser usadas para ajudar a alterar a cicatriz e melhorar o deslizamento do tecido.
  • Dessensibilização: Quando a cicatriz é hipersensível, é importante introduzir diferentes texturas na pele para diminuir a sensibilidade. Comece com algo macio que você pode tolerar como uma fronha. Esfregue a área hipersensível por um a dois minutos de cada vez. Desenvolva texturas mais abrasivas, como uma toalha, várias vezes por dia.
  • A cicatriz passa por várias fases até seu aspecto final. Pode levar semanas ou meses para tratar totalmente sua cicatriz. Um terapeuta de mãos pode orientá-lo durante esse processo para melhorar o movimento, diminuir a dor e ganhar força para retornar às suas atividades diárias o mais rápido possível. Você pode encontrar um terapeuta de mão, clicando aqui.

Fotos de uma cicatriz após uma liberação do túnel do carpo.

(Esquerda para a direita: 4 dias após a cirurgia; 4 semanas após a cirurgia; 8 semanas após a cirurgia)

Artigo original:

Dr Hugo Boin: Médico, Ortopedista, Cirurgião de mão e Microcirurgião. Residência médica em cirurgia da mão e microcirurgia - Universidade de São Paulo - Ribeirão Preto (USP-RP). Residência médica em ortopedia e traumatologia ortopédica – Faculdade de medicina de Marília (FAMEMA). Graduação em medicina – Faculdade de medicina da Grande Dourados – (UFGD).